A importância da extensão rural para construir o Brasil do futuro

Transferência de tecnologia precisa acompanhar a velocidade do agronegócio Brasileiro brasileiro

Foto: Pixa Bay
agrônomo

Fonte: Pixabay

Nesta semana, o Extensionismo Rural comemorou 70 anos de serviços prestados aos pequenos e médios produtores e, por consequência, à sociedade brasileira. Fruto de longa discussão, a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) passou a ser realidade a partir de 2016. A Agência trabalha em parceira com os órgãos de extensão rural estaduais, como as Emateres, por exemplo, e traz novo ânimo para os extensionistas de todo o país.

Atualmente, metade dos produtores do país recebe assistência técnica. É o extensionista que transfere o conhecimento produzido na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), nos órgãos de pesquisa e nas universidades. São esses profissionais que transformam a linguagem científica em conhecimento prático.

Fortalecer o extensionismo é possibilitar a maior presença de técnicos junto aos produtores e, com isso, identificar problemas, recomendar tecnologias e colher mais produtividade e qualidade tanto nos alimentos como na vida das famílias rurais.

O extensionismo é um instrumento de desenvolvimento econômico e social e também por isso ganha cada vez mais espaço no Congresso Nacional, onde existe inclusive a Frente Parlamentar para Assistência Técnica e Extensão Rural, presidida pelo Deputado Zé Silva, do Solidariedade de Minas Gerais, o Deputado mesmo é um extensionista e presidiu a Emater-MG e também a Asbraer, órgão que abriga todas as entidades de extensão rural do país.

Um dos grandes desafios da Frente Parlamentar é a criação de um fundo para investimentos em extensão rural. De acordo com dados da Anater, a agência está presente em 21 unidades da Federação e beneficia diretamente 90 mil famílias em 1.549 municípios. A União destina R$ 4 bilhões para a assistência técnica, um valor muito pequeno diante do desafio de atualizar  mais de 4 milhões produtores rurais enquadrados como pequenos, médios e familiar.

Nesta Semana Nacional do Extensionismo Rural cabe a reflexão sobre a necessidade de fortalecimento da Anater, que atua como o órgão de inteligência da assistência técnica e extensão rural e com isso construir um novo cenário para o produtor rural e atrair as novas gerações para a vida no campo.

Notícias Relacionadas:

Setor de carnes realiza carreata contra aumento de ICMS em São Paulo

Setor de carnes realiza carreata contra aumento de ICMS em São Paulo

Ato contra medida do governo paulista contou com cerca de 1200 caminhões e 1500 pessoas envolvidas, segundo os organizadores

Estufa garante produção de hortaliças em períodos de chuvas

Estufa garante produção de hortaliças em períodos de chuvas

Apesar do alto custo, sistema protegido permite controle de temperatura e umidade e diminui risco de doenças

Grupo Interministerial irá elaborar Plano Nacional de Fertilizantes

Grupo Interministerial irá elaborar Plano Nacional de Fertilizantes

O plano tem o objetivo de aumentar a produção e oferta de fertilizantes nacionais, além de reduzir a dependência dos produtos importados