Dia Internacional da Mulher Rural: mão de obra feminina representa 40% do trabalho no campo

O protagonismo feminino é algo cada vez mais perceptível na condução do negócio rural

Produtora Rural no campo

Instituído pela ONU em 1995, no dia 15 de outubro se comemora o Dia Internacional da Mulher Rural. A data foi criada para elevar a consciência mundial sobre o papel da mulher do campo. De acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), as mulheres constituem 40% da mão de obra agrícola nos países em desenvolvimento.

Atualmente, as mulheres têm cada vez mais conquistado seus espaços de direito, principalmente no campo, que antes eram apenas consideradas ajudantes, hoje são protagonistas no cultivo e fundamentais para prover a agricultura familiar.

A representatividade feminina no campo está cada vez mais forte e reconhecida, mas ainda há um longo caminho a ser percorrido para atingir a igualdade entre homens e mulheres no campo. Por isso, é importante estar ciente sobre o cenário rural nas questões de gênero e igualdade, e empenhar-se cada vez mais em ações transformadoras para alcançar esse objetivo.

Profissionalização

E para cada vez mais capacitar e profissionalizar essas produtoras rurais, o Senar São Paulo oferece mais 600 produtos entre programas, cursos e treinamentos. Com o agronegócio precisando cada vez mais de mão de obra especializada, o Senar oferece oportunidades dentro da horticultura, operação de máquinas, pecuária, agricultura, processamento de alimentos e legislação para os vários segmentos rurais.

Para participar e saber mais sobre os cursos, é só procurar o sindicato rural do seu município.

Notícias Relacionadas:

4 aplicações da internet 5G no agronegócio

Segundo o governo federal, a conexão 5G deve chegar ao Brasil em 2022

Confira 4 dicas para otimizar a colheita do milho

Com a abertura da colheita do milho, é necessário realizar bem esse processo para não sofrer com excessivas perdas

Conheça 4 doenças que mais atingem suínos

Conheça 4 doenças que mais atingem suínos

Em São Paulo, o mercado de suínos está aquecido e com preços vantajosos ao produtor