Turismo rural: Nação Agro ensina como atender o público após a pandemia

Caravana em Santa Fé do Sul (SP) mostrou o perfil do público interessado pelo turismo rural e como impulsionar as visitas

Turismo rural: Nação Agro ensina como atender o público após a pandemia

O governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira, 2, que toda a população adulta do estado estará vacinada contra o coronavírus até 31 de outubro deste ano. Com a possibilidade da retomada do turismo rural, a Caravana Família Nação Agro exibiu hoje palestras sobre como os produtores podem se preparar para atender os visitantes após a pandemia.

O projeto desenvolvido pelo SENAR-SP (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de São Paulo) tem como objetivo capacitar, promover e valorizar o trabalho do homem do campo. Para isso, o programa recebeu Célia Gomes, presidente do COMTUR (Conselho Municipal de Turismo de São José do Rio Preto), para orientar sobre a reativação das atividades.

De acordo com a especialista, o público interessado pelo turismo rural tem o seguinte perfil:

  • Desloca-se em automóveis particulares, em um raio de até 150 km do núcleo emissor/urbano
  • Faz viagens de curta duração, em fins de semana e feriados
  • Organiza suas próprias viagens ao meio rural
  • Tem na internet e nos parentes e amigos sua principal fonte de informação para a preparação da viagem
  • É apreciador da culinária típica regional
  • Valoriza produtos autênticos e artesanais
  • Leva para casa produtos agroindustriais e/ou artesanais

Para ter sucesso no atendimento a esses visitantes, a presidente do COMTUR afirma que as propriedades precisam ter sinalização de suas atrações, limpeza em dia, desenvolver boas práticas, possuir um empório para comercializar produtos, contar com apoio dos familiares e estarem ativas nas mídias sociais – uma vitrine e canal direto ao turista.

Segundo Gomes, a participação em associações, relacionamento com guias turísticos e parcerias com o poder público ou empreendedores próximos podem impulsionar os negócios e manter regularidade no número de visitantes. Por fim, a propriedade é valorizada se possuir ações de preservação ambiental ou cunho social.

Abaixo, assista ao ciclo de palestras completo sobre turismo rural:

Notícias Relacionadas:

Vinhos são atração no turismo rural

SENAR-SP ensina como identificar o potencial turístico de sua propriedade

Implantar um ponto de vendas na propriedade é uma das maneiras de lucrar com visitantes

Sistema FAESP/SENAR-SP e Sebrae abrem edital para programa de inovação rural

Sistema FAESP/SENAR-SP e Sebrae abrem edital para programa de inovação rural

Ao todo são 110 vagas no estado de São Paulo para a iniciativa que visa promover a pesquisa e o desenvolvimento

SENAR-SP oferece cursos para produtores que querem empreender no campo

SENAR-SP oferece cursos para produtores que querem empreender no campo

Instrutor afirma que programas de ensino capacitam produtores para aproveitarem oportunidades