3 passos que você precisa seguir para começar uma cooperativa no meio rural

Na caravana em Guaratinguetá, o consultor do Sebrae-SP Guilherme Campos mostrou as vantagens do cooperativismo para produtores rurais

3 passos que você precisa seguir para começar uma cooperativa no meio rural

Na abertura da terceira temporada do projeto Família Nação Agro, os produtores rurais puderam acompanhar uma palestra sobre “Associativismo e cooperativismo como oportunidade de desenvolvimento”, transmitida ao vivo do município de Guaratinguetá (SP). Na apresentação, o consultor do Sebrae-SP Guilherme Campos mostrou as vantagens do cooperativismo no meio rural, visando capacitar e promover o trabalho do homem do campo.

Abaixo, você confere três passos essenciais para a criação de uma cooperativa:

1 – Organização

De acordo com o especialista, se você não está associado a uma cooperativa, é importante a atitude de começar se organizando com outros produtores, para entender como é possível trabalhar em parceria e quais suas necessidades em comum. “A organização começa de baixo para cima. Se tiver 10 ou 15 produtores com vontade, começa. Não adianta esperar juntar 100. Com o tempo as pessoas vão perceber esse benefício e vão se aproximar”, afirma.

Porém, se você já é membro de uma cooperativa, Campos estimula a uma participação ativa, para que todos saibam “onde o calo aperta”.

2 – Planejamento

Após a identificação dos integrantes e as dificuldades que compartilham, o palestrante aponta a necessidade de se desenvolver um plano de ação para superar os entraves em comum. “É preciso definir onde a gente quer chegar e o que a gente vai fazer para conseguir resolver isso”, indica o consultor do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas.

3 – Ação

Quando mapeados os problemas a serem solucionados, a etapa seguinte é colocar os planejamentos em prática e fazer balanços para compreender quais ações deram certo e errado e como melhorar os resultados. Assim, Guilherme Campos assegura que os produtores conseguirão se fortalecer e colher os benefícios proporcionados por uma cooperativa.

Além disso, para o produtor que deseja se aprofundar em organização comunitária, o SENAR-SP oferece o Programa Novo Olhar, criado para ajudar na melhoria das condições sociais, ambientais e econômicas das pessoas ligadas ao agronegócio, informando-as sobre exigências de mercado, certificação de produtos e vendas ao governo e projetos sociais. Para se inscrever, cheque a disponibilidade do curso junto ao sindicato rural do seu município.

Veja como foi a abertura da temporada do Família Nação Agro na matéria do Rural Notícias:

Notícias Relacionadas:

Seguro rural: governo paulista não libera sua participação e preocupa produtores

Seguro rural: governo paulista não libera sua participação e preocupa produtores

Falta de repasse de recursos do governo de São Paulo e início do inverno ameaçam fruticultura em Indaiatuba

Técnica Rural: 3 coisas que você precisa aprender sobre organização comunitária

Técnica Rural: 3 coisas que você precisa aprender sobre organização comunitária

Assista a uma vídeo-aula exclusiva ministrada pelo SENAR-SP

Conheça 3 formas de manter pastagens disponíveis no inverno

Conheça 3 formas de manter pastagens no inverno

Instrutor do SENAR-SP mostra como é possível alimentar a boiada na estação mais fria do ano