Turismo Rural pode ser beneficiado após pandemia da Covid-19

Consultor explica o comportamento do turista brasileiro após isolamento e dá dicas de como enfrentar este novo momento

nacao

Há 120 dias a cidade de São Miguel Arcanjo, no interior de São Paulo, está praticamente vazia. É que o município tem o turismo rural como uma de suas principais atividades econômicas.  Segundo o Sindicato Rural, as vistas às propriedades reduziram mais de 80% com o isolamento social provocado pelo novo coronavírus.

Mas a pandemia pode ser uma aliada destes produtores no futuro. Segundo o instrutor do Senar-SP e turismólogo, Eduardo Bettin, após o período de isolamento social os brasileiros vão optar por viagens mais curtas, para atividades ao ar livre e em grupos reduzidos, beneficiando assim o turismo rural e o ecoturismo.  “Acredito que o novo turista vai valorizar mais a paisagem local e regional, com isso o turismo rural deverá receber visitantes antes do turismo convencional”, explica.

O assunto foi tema do Dia de Campo Seguro, promovido nesta terça-feira, dia 30, pela Família Nação Agro em São Miguel Arcanjo-SP. O encontro, ainda trouxe dicas de como escoar a produção de frutas e hortaliças por meio de aplicativos, com o consultor do Sebrae -SP, Fabrício Guilherme.

Aqui você pode assistir as duas palestras completas e acompanhar as dicas de como melhorar seu negócio com os instrutores do Senar-SP e Sebrae-SP.

Notícias Relacionadas:

Abraleite negocia revogação do ICMS sobre o leite pasteurizado

Abraleite negocia revogação do ICMS sobre o leite pasteurizado

Caso a medida não seja removida, aproximadamente 6 mil produtores paulistas serão afetados com o aumento dos custos

Normas para produção integrada de folhosas entram em vigor em fevereiro

Normas para produção integrada de folhosas entram em vigor em fevereiro

Em 1º de fevereiro, entra em vigor a Instrução Normativa nº 1 que traz normas para produção de folhosas, inflorescência e condimentais

Publicados registros de 32 produtos técnicos para defensivos agrícolas

Publicados registros de 32 produtos técnicos para defensivos agrícolas

Dentre os produtos aprovados, três são ingredientes ativos inéditos e os demais já são usados no país