Saiba as tendências e desafios do agronegócio para próxima década

O consultor, José Coelho, aponta a diversificação das atividades na propriedade rural como uma tendência de modelo de produção

palestra sobre desafio e tendencia agro

Qual será a tendência para o agronegócio paras os próximos dez anos? Esse foi o tema no Dia de Campo Seguro.

Antes de mais nada, o agronegócio, por si só, já é um desafio para o produtor, pois se trata de uma indústria a céu aberto. Contudo, algumas ferramentas podem ajudar a superar as diversidades no negócio.

O evento foi realizado nesta terça-feira,11, em Araraquara, interior de São Paulo. No entanto, a palestra também foi transmitida ao vivo pelas redes sociais do Projeto Família Nação Agro.

O palestrante escolhido para falar sobre os desafios e tendências do agronegócio foi José Luiz Coelho, agrônomo de formação, mestre em engenharia agrícola. No currículo já foi pesquisador do Instituto Agronômico de São Paulo (IAC) e trabalhou durante anos na iniciativa privada na área de mecanização agrícola. Atualmente é consultor do Grupo Markestrat.

Preservação ambiental agrega valor ao produto 

Coelho destacou os 66% do território nacional preservados e boa parte dentro das propriedades rurais como um dos elementos de valorização do agronegócio.

Diversificação é a tendência

O consultor apontou a diversificação das atividades na propriedade rural como uma tendência de modelo de produção. “Grandes áreas ocupadas com cana, café, laranja ou pecuária, também podem ter outra atividade em consórcio ou parceria, como o turismo rural ou cultural, por exemplo.”

Assim também, diversificar as culturas no plantio, pode ser uma alternativa para não ficar na dependência somente das grandes indústrias.

“Ele [produtor] fica muito na mão da indústria. Contudo, do ponto de vista estratégico, ele tem que ver nichos de mercado para que ele possa ter mais liberdade e não depender só da indústria”.

Por fim, assista a apresentação completa do Dia de Campo Seguro.

 

Notícias Relacionadas:

Preço da batata sobe

Falta de chuva faz preço da batata subir 76% em outubro

Cepea/Esalq prevê manutenção da valorização dos preços nos próximos meses devido ao “adiantamento da colheita” e baixo volume de chuva

Família Nação Agro explora mercado de cogumelos, apicultura e turismo rural

Durante a semana, projeto do SENAR-SP visitou os municípios de Sorocaba e Ubatuba

Preços da cenoura aumentaram

Calor afeta preços de frutas e hortaliças vendidas no atacado

Boletim Prohort, da Conab, mostra movimento dos preços em setembro e tendências para outubro