Encontro Família Nação Agro divulga documento com reivindicações para o agronegócio

Entre os principais pedidos na Carta de Bauru estão a expansão do acesso à internet, segurança no campo e melhor infraestrutura logística

 Família Nação Agro

O Primeiro Encontro Família Nação Agro reuniu neste sábado, 28, em Bauru (SP), mais de 700 lideranças do agronegócio para celebrar o primeiro ano da temporada inicial do projeto Família Nação Agro, uma parceria entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de São Paulo (Senar-SP) e o Canal Rural.

Um dos momentos mais aguardados durante a solenidade foi leitura e divulgação da “Carta de Bauru” (veja a integra abaixo), um documento idealizado pelos organizadores do projeto junto a produtores rurais para expor as principais reivindicações do setor. Agora, o documento será encaminhado ao governador de São Paulo, João Doria, e ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

Entre principais pedidos, estão a expansão da infraestrutura de comunicação para acesso à internet no campo, possibilitando capacitação a distância, melhores condições de segurança na área rural e a realização de negócios. Também estão incluídos no texto o pedido de atenção sobre a reavaliação do sistema logístico, especialmente em relação à conservação de estradas vicinais para escoamento da produção; e posicionamento referente ao futuro da rede Ceagesp/Ceasa.

 

 

Notícias Relacionadas:

Carrapato do bovino: saiba o que é preciso para um controle efetivo do parasita no rebanho leiteiro

Carrapato do bovino: saiba o que é preciso para um controle efetivo do parasita no rebanho leiteiro

Secretaria de Agricultura orienta pecuaristas e desenvolve estudos para controle do carrapato com o uso de produto natural e controle biológico

Cafés especiais proporcionam inúmeras experiências sensoriais aos consumidores

Cafés especiais proporcionam inúmeras experiências sensoriais aos consumidores

De olho no mercado de café, cafeicultores brasileiros vêm investindo na produção de cafés especiais em busca de maior retorno financeiro

FAESP busca isenção de ICMS para leite

FAESP busca isenção de ICMS para leite

A saída do produto cru e pasteurizado, que era isenta, passará a ser tributada em 4,14%