Cana-de-açúcar: sistema MPB aumenta a produtividade em até 10%

Além de maior eficiência de plantio em comparação com os toletes, o sistema reduz falhas de brotação, gerando áreas uniformes

palestra sistema MPB

Você já ouviu falar em sistema MPB para o plantio de cana-de-açúcar? O MPB é a sigla para mudas pré-brotadas, método desenvolvido pelo Instituto Agronômico (IAC) e que traz maior produtividade para a cultura.

O sistema de mudas pré-brotadas (MPB) de cana é uma tecnologia de multiplicação que poderá contribuir para a produção rápida de mudas, associando elevado padrão de fitossanidade, vigor e uniformidade de plantio.

Contudo, outro grande benefício está na redução da quantidade de mudas que vai a campo. Por exemplo, para o plantio de um hectare de cana, o consumo de mudas cai de 18 a 20 toneladas, no plantio convencional, para 2 toneladas no MPB.

Sistema MPB traz resultado na prática

Definitivamente, esse método transforma o cultivo da cana. Nesse sentido, através das mudas pré-brotadas, é possível produzir mais com menos.

Variedades saudáveis, livres de pragas e doenças são os materiais ideais para implantação de uma lavoura no sistema MPB.

Como resultado, além de maior eficiência de plantio em comparação com os toletes, o sistema reduz falhas de brotação, gerando áreas uniformes. Dessa forma, a colheita pode chegar a mais de 210 ton/ha.

Mudas pré-brotadas foi assunto no Dia de Campo Seguro

A trinca de palestrantes deste Dia de Campo Seguro, transmitido de Nuporanga, no interior de São Paulo, foi formada pelo pesquisador Mauro Xavier, do IAC, pelo instrutor do Senar SP, Renato Trevizoli e pelo produtor rural, Vinícius Bocalon.

Por fim, se você não acompanhou a transmissão ao vivo, assista agora:

 

Notícias Relacionadas:

La Niña demanda atenção dos produtores de frutíferas de clima temperado

Boletim da Seapdr traz prognóstico climático a recomendações fitotécnicas para vinhedos e pomares até dezembro

O universo dos fungos e a apicultura foram temas do Dia de Campo Seguro em Sorocaba

Empresário rural Iwao Akamatsu conta que 70 mil dos mais de 1,5 milhão de fungos foram estudados. Porém, há muito potencial a

Acordo entre Sindicafé-SP e Abics pretende estimular consumo de solúvel

Com a iniciativa inédita, produção de café solúvel estima um crescimento de 5% ao ano