Veja 5 dicas para melhorar o desempenho do cavalo na pista

Instrutor do SENAR-SP, Leonardo Feitosa explica que a doma racional é um método de treinamento que observa o bem-estar animal

doma-racional-cavalo-foto

Doma Racional é uma técnica de adestramento que observa a linguagem corporal do cavalo para se comunicar. A prática usa o raciocínio do animal para fazer com que ele aprenda a seguir comandos de forma espontânea. Enquanto isso, o domador observa os sinais enviados pelo cavalo e conduz o aprendizado respeitando o bem-estar do animal.

À equipe do Canal Rural, o instrutor do SENAR-SP, Leonardo Feitosa, mostrou como ter sucesso neste processo, desde o momento da doma com cabresto até a montaria com sela. O especialista revela utilizar o método da Doma India, dedicando atenção especial na criação de uma relação de confiança, lealdade e trabalho em equipe junto ao equino.

Abaixo, você confere as dicas do domador para iniciar o adestramento:

Conheça os equipamentos

Para fazer a doma, cabresto e luvas são os primeiros itens essenciais. Afinal, para o caso de animais xucros, Feitosa indica o uso de um cabresto especial, que proporciona mais controle sobre o animal. Já o stick, a corda chata e o gancho facilitam o contato com o cavalo e dão maior proteção ao adestrador.

Faça a doma no redondel

Na natureza, o cavalo é uma presa, o que faz com que ele procure escapar na maioria das situações em que há aproximação a ele. Porém, com um espaço reduzido, é possível encurtar a distância em relação ao animal, acostumá-lo com a presença humana e evitar suas tentativas de fuga.

Ganhe a confiança do animal

Os equinos possuem visual monocular. Por isso, é preciso treinar seus movimentos pelo lado direito e esquerdo, pois assim ele compreende melhor os movimentos e se adapta ao trato do treinador. Além disso, deve-se tratar o animal com carinho, atenção e cuidado para não fazer com que ele se sinta preso ou agarrado, situações que despertam seu instinto de sobrevivência.

Estabeleça hierarquia

O animal deve obedecer a uma hierarquia, como acontece em seu habitat natural. Feitosa explica que é necessário tocar as mãos em partes específicas do corpo do bicho, como outro cavalo faria com a cabeça. Assim se firma uma cadeia de comando.

Cuidado com a nutrição

Antes do treino, o cavalo deve receber alimentação volumosa de qualidade e ter ração à disposição o máximo de vezes possível. No entanto, é preciso cuidado com o período de digestão antes de ir à pista. O animal demora em média 1 hora para digerir cada quilo de concentrado consumido. 

Para mais dicas de doma racional, assista ao vídeo completo do Técnica Rural:

O projeto Família Nação Agro é uma iniciativa do Sistema FAESP/SENAR-SP para capacitar, promover e incentivar o produtor rural do estado de São Paulo.

Notícias Relacionadas:

Setor de carnes realiza carreata contra aumento de ICMS em São Paulo

Setor de carnes realiza carreata contra aumento de ICMS em São Paulo

Ato contra medida do governo paulista contou com cerca de 1200 caminhões e 1500 pessoas envolvidas, segundo os organizadores

Estufa garante produção de hortaliças em períodos de chuvas

Estufa garante produção de hortaliças em períodos de chuvas

Apesar do alto custo, sistema protegido permite controle de temperatura e umidade e diminui risco de doenças

Grupo Interministerial irá elaborar Plano Nacional de Fertilizantes

Grupo Interministerial irá elaborar Plano Nacional de Fertilizantes

O plano tem o objetivo de aumentar a produção e oferta de fertilizantes nacionais, além de reduzir a dependência dos produtos importados