Dieta e práticas de manutenção melhoram resultados na pecuária

Consultores do Sebrae dão dicas sobre alimentação animal e manejo do solo

dieta pecuaria leiteira

Com as margens de lucro cada vez mais apertadas para o produtor de leite, a boa gestão dos
custos é um fator determinante para melhorar o ganho. Um dos exemplos é a atenção com a dieta dos animais.

“A alimentação é o maior custo da propriedade”, aponta Aldo Rezende consultor do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em palestra na Caravana Família Nação Agro em General Salgado (SP), nesta terça-feira, 01.

De acordo com o especialista, em uma apresentação transmitida de forma online, a nutrição
animal é um assunto que tem muitas variáveis, mas que, se entendido corretamente, pode
equilibrar os gastos do produtor e melhores níveis de desempenho dos animais.

Rezende alertou sobre um erro comum dos pecuaristas. “Seja porque o preço do leite baixou
ou porque as vacas secaram, o impacto disso é receita, dinheiro que está entrando a menos.
Se o produtor não tem consciência do que está fazendo quanto a alimentação, a tendência é
enxugar esse gasto. Porém, isso é muito complexo na atividade leiteira, pois qualquer
diminuição reduz a produção”, diz.

Conforme o agrônomo, para ganhar eficiência com ração balanceada e ajustada de acordo
com a produção e fase reprodutiva.

“A gente precisa reconhecer que as vacas têm diferentes fases em relação a produção. Vacas
no pré-parto precisam de dieta especial, depois a vaca em início de lactação não consegue
comer tudo que ela precisa, depois ainda temos a vaca no terço médio de lactação e a vaca
que está secando. Cada momento desse vai requerer uma dieta diferente, um volume
diferente para que dê resultado esperado”, explicou Rezende.

Abaixo, assista ao vídeo com dicas sobre alimentação animal e manejo do solo:

Notícias Relacionadas:

Abraleite negocia revogação do ICMS sobre o leite pasteurizado

Abraleite negocia revogação do ICMS sobre o leite pasteurizado

Caso a medida não seja removida, aproximadamente 6 mil produtores paulistas serão afetados com o aumento dos custos

Normas para produção integrada de folhosas entram em vigor em fevereiro

Normas para produção integrada de folhosas entram em vigor em fevereiro

Em 1º de fevereiro, entra em vigor a Instrução Normativa nº 1 que traz normas para produção de folhosas, inflorescência e condimentais

Publicados registros de 32 produtos técnicos para defensivos agrícolas

Publicados registros de 32 produtos técnicos para defensivos agrícolas

Dentre os produtos aprovados, três são ingredientes ativos inéditos e os demais já são usados no país