Crise do Coronavírus revela oportunidades para delivery

Plataforma de vendas de hortifruti foi lançado em janeiro, mas com a epidemia do coronavírus, o número de interessados cresceu 50% nos últimos meses.   

frutas delivery

Ruas vazias, restaurantes fechados e muitas solicitações para entregas em domicílio. Como atender a tantos pedidos? Para quem continua servindo a população que não parou, a demanda por pedidos de comida, por exemplo, só aumenta. A ajuda tecnológica já está na palma da mão. Cristian Rosa e Wander Paes se uniram para pôr em funcionamento o feiradoceasa.com.br, o site oferece  frutas, verduras e legumes do maior centro de abastecimento da América Latina, o Ceagesp.  O local que recebe cerca de 50 mil pessoas por dia tem tomado providências com relação ao Covid-19, mas para quem busca segurança, a plataforma pode ser mais útil. É uma alternativa para comércios como supermercados, hortifruti e restaurantes. Para quem deseja vender, é necessário fazer um cadastro, seguir as orientações e processos que a plataforma necessita. Fácil também para quem deseja comprar, basta escolher o produto, a quantidade, clicar no carrinho e finalizar a compra. “Este é um modelo que vai colaborar com toda a cadeia que envolve o produtor, os permissionários do Ceasa, o comprador varejista e o consumidor final, que desfrutará de produtos frescos a todo momento. Prevejo que num futuro breve teremos um aumento da demanda, que será repassada aos produtores”, relatou Daniel Malaman Shimizu, permissionário do Ceasa e fornecedor da plataforma.

São Paulo em quarentena
Há uma semana as cidades de São Paulo e de boa parte do Brasil estão vivendo, de forma inédita, o período de quarenta. O decreto do governador João Doria é claro e definiu que os estabelecimentos comerciais devem ser fechados, a não ser que ofereçam serviços essenciais como alimentação, abastecimento, segurança, saúde, bancos e limpeza. 

Veja mais sobre a plataforma no vídeo abaixo:

 

Notícias Relacionadas:

Produtores buscam capacitação para diversificar turismo rural em Ubatuba

Em Dia de Campo Seguro, agricultores revelaram interesse em cursos de profissionalização em artesanato e gastronomia

Vacinação de bovinos e bubalinos contra febre aftosa

Campanha de vacinação contra febre aftosa começa em 1º de novembro

Devem ser vacinados bovinos e bubalinos com idades entre 0 e 24 meses

Parreiras em Itobi são opção de turismo rural

Sebrae-SP dá dicas para produtor arrecadar com turismo rural

Em Itobi (SP), Dia de Campo Seguro mostrou opções de atividades para produtor aumentar a renda de sua propriedade com turismo rural