Preço do açúcar sobre 5% e atrai arrendamento para área de cana

Ao Rural Notícias, agricultor conta como arrendamento pode trazer segurança e lucro à propriedade

Cana-de-açúcar em área de arrendamento

Produtores de diferentes culturas estão vendo na cana-de-açúcar uma oportunidade de aumentar seu lucro, mesmo que tenham que arrendar sua propriedade. A seca e os incêndios em áreas de cana devem reduzir a produção da próxima safra, cenário que sustenta o preço do açúcar. O Itaú BBA aponta a valorização de 5% nos preços pagos às usinas em setembro.

“Me cansei de trabalhar com café. Minha família trabalhou com café a vida toda, mas hoje está muito difícil, a gente precisa investir em maquinários, a mão de obra é cara e o custo acaba ficando muito caro”, disse Reginaldo Moacir Beleze, presidente do sindicato rural de Bernardino de Campos. “Achei mais fácil fazer o arrendamento para outro agricultor para que ele trabalhe e eu receba o arrendamento mais tranquilo”, completou Beleze.

De acordo com o produtor, este caminho pode ser mais seguro, uma vez que as usinas possuem recurso para pagar os arrendamentos. “No caso da soja é um pouco diferente, porque se houver uma frustração de safra é pode ocorrer algum problema”, explicou ele.

Veja a matéria completa no Rural Notícias:

O projeto Família Nação Agro é uma iniciativa do Sistema FAESP/SENAR-SP para capacitar, promover e incentivar o produtor rural do estado de São Paulo.

Notícias Relacionadas:

Produtores buscam capacitação para diversificar turismo rural em Ubatuba

Em Dia de Campo Seguro, agricultores revelaram interesse em cursos de profissionalização em artesanato e gastronomia

Vacinação de bovinos e bubalinos contra febre aftosa

Campanha de vacinação contra febre aftosa começa em 1º de novembro

Devem ser vacinados bovinos e bubalinos com idades entre 0 e 24 meses

Parreiras em Itobi são opção de turismo rural

Sebrae-SP dá dicas para produtor arrecadar com turismo rural

Em Itobi (SP), Dia de Campo Seguro mostrou opções de atividades para produtor aumentar a renda de sua propriedade com turismo rural