Veja que cuidados no manejo do solo podem aumentar produção de cana

Em Morro Agudo, Dia de Campo Seguro trouxe palestras com dicas para manejo do solo e ambientes de produção de cana-de-açúcar

Canavial verde visto de lado com céu azul claro ao fundo

É possível colher até cerca de até 200 toneladas de cana-de-açúcar por hectare por ano, e a chave para isso é o manejo do solo em propriedades rurais.

A afirmação foi feita por André Vitti, engenheiro agrônomo, em Dia de Campo Seguro, na Caravana Família Nação Agro no município de Morro Agudo (SP).

Desenvolvido pelo SENAR-SP (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), o projeto tem como objetivo capacitar, promover e incentivar o produtor do estado de São Paulo.

De acordo com Vitti, o Brasil é admirado no mundo todo pela sua forma de cuidar do solo. “Temos duas culturas anuais graças a nosso clima, nosso manejo”, diz ele.

Aliás, em algumas regiões e plantações, há registros de até 3 safras anuais.

Em sua apresentação, o especialista apontou plantas daninhas, espaçamento, solo e ambiente como alguns dos principais fatores que merecem a atenção do homem do campo.

“Cada local, cada solo tem um potencial produtivo”, afirmou ele. Vitti ressaltou a importância de se conhecer os solos e os ambientes de produção.

Além de considerar elementos como água, textura morfológica, fertilidade e profundidade, o engenheiro ainda listou o que é preciso para melhorar a produção de cana. Veja:

  • Definir épocas e tipos de preparo do solo
  • Definir épocas de plantio e corte
  • Alocação varietal
  • Definir áreas de arrendamento e valores (potencial produtivo)
  • Manejar fertilidade do solo pelo potencial produtivo
  • Frequência de épocas de amostragem e correção do solo

Para atingir alto rendimento esperado para o setor, a palestra destacou a importância o produtor precisa ter dados de análise, algo como o “exame de sangue” da propriedade.

“O solo e o ambiente de produção é a base do sucesso na implantação do canavial”, reforçou André Vitti.

Para mais dicas sobre manejo do solo, assista à apresentação completa do especialista no Dia de Campo Seguro:

Notícias Relacionadas:

Produtores buscam capacitação para diversificar turismo rural em Ubatuba

Em Dia de Campo Seguro, agricultores revelaram interesse em cursos de profissionalização em artesanato e gastronomia

Vacinação de bovinos e bubalinos contra febre aftosa

Campanha de vacinação contra febre aftosa começa em 1º de novembro

Devem ser vacinados bovinos e bubalinos com idades entre 0 e 24 meses

Parreiras em Itobi são opção de turismo rural

Sebrae-SP dá dicas para produtor arrecadar com turismo rural

Em Itobi (SP), Dia de Campo Seguro mostrou opções de atividades para produtor aumentar a renda de sua propriedade com turismo rural