Granja do amanhã: veja como se preparar para avicultura do futuro

Dia de Campo Seguro em Sales Oliveira (SP) promoveu debates sobre futuro do setor, dicas de gestão e o mercado atual de aves

Galinha caipira marrom vista de perfil do pescoço para cima

O futuro da avicultura é uma questão que preocupa os produtores rurais.

Afinal, no Brasil, o setor representa 80 bilhões de reais no PIB, além de empregar aproximadamente 500 mil pessoas.

De acordo com a avicultora Luciana Dalmagro, a força do setor é a união entre os produtores rurais e a indústria.

“A gente conta com a ajuda da indústria, que no Brasil é muito madura”, disse ela.

Com o apoio do segmento industrial, Dalmagro aponta que os produtores conseguem acesso às tecnologias que são tendência no mercado e beneficiam o rendimento.

“Construímos vários tipos de galpões nos últimos 15 anos e, quando vamos construir o próximo, sempre tem alguma inovação tecnológica”, contou.

Para o veterano Francisco Spina, acompanhar o avanço tecnológico é a chave para se alcançar os melhores resultados na produção de aves.

“Há muitos anos fizemos um núcleo com três aviários, aí se passaram 3 ou 4 anos e fizemos mais três aviários que não tinham mais nada a ver com as construções anteriores”, afirmou.

Conforme Spina, o produtor precisa estar atento ao progresso, pois em questão de pouco tempo surgem inovações em construção e estruturas internas.

Otimismo no setor

Do mesmo modo, o produtor Eduardo Almeida Prado se mostra otimista com o setor no Brasil.

“É um setor muito promissor. O Brasil tem todos os ingredientes para que o setor cresça muito. Em nossa região está acontecendo uma expansão”, analisou.

Atualmente, o país é o terceiro maior produtor de aves do mundo, 60 bilhões de aves por ano com crescimento estimado de 4,5% e 6%.

Os dados são da ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal).

Assista ao debate completo sobre o futuro da avicultura:

O Projeto Família Nação Agro é uma criação do Sistema FAESP/SENAR-SP com o objetivo de capacitar, promover e incentivar o produtor rural do estado de São Paulo.

Notícias Relacionadas:

Taxa Selic baixa

Baixa na Selic pode favorecer acesso de produtores a empréstimos subvencionados

Faesp defende crédito competitivo no mercado financeiro e desburocratização na concessão

Turismo rural

Família Nação Agro traz novos debates sobre turismo rural e doma racional

Nesta semana, iniciativa do Sistema FAESP/SENAR-SP esteve nos municípios de Itobi e Nuporanga

Produtores buscam capacitação para diversificar turismo rural em Ubatuba

Em Dia de Campo Seguro, agricultores revelaram interesse em cursos de profissionalização em artesanato e gastronomia