Cana e mandioca: dobradinha de culturas em debate em Barra Bonita (SP)

Para a cana, o momento é favorável com o bom preço de etanol; para a mandioca, as oportunidades de mercado são muitas, inclusive, exportação

dia de campo barra bonita

Para a cana, o momento é favorável com o bom preço de etanol; para a mandioca, as oportunidades de mercado são muitas, inclusive, exportação

No município de Barra Bonita, no interior de São Paulo, o Dia de Campo Seguro, realizado na última quinta-feira (17), debateu alternativas de produção e técnicas de plantio das culturas da cana e da mandioca. O Dia de Campo Seguro é uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) de São Paulo.

Nos últimos dois anos, o consumo da mandioca, tanto de mesa com a de indústria, teve uma queda significativa. Entretanto, o volume de produção aumentou. Isso porque a produtividade, com os bons tratos naturais, fez com que as áreas plantadas tivesse maior rendimento, com isso, consequentemente, trouxe uma maior lucro para o produtor.

Esse cenário se tornou uma alternativa para o produtor que optou por tratos naturais e boas variedades de raiz. Para agregar ainda mais valor ao produto, é importante estar atendo ao perfil do público.

Por exemplo, se a ideia é vender a mandioca para processamento, precisa plantar mandioca de mesa. Para aqueles produtores onde a região conta com empresas que industrializam o produto, o ideal é fazer o plantio da mandioca de indústria, para que assim facilite a comercialização.

Cenário para a cultura da cana-de-açúcar

O etanol está com preço firme no mercado internacional. As usinas que estão com a gestão ajustada conseguem melhorar a margem de lucro por metro cúbico do combustível.

Em janeiro de 2020, os preços praticados no mercado estavam em alta, mas com a pandemia, situação do petróleo e até mesmo as variações na política nacional e mundial, os valores despencaram.

Entretanto, o momento atual já se mostra já com melhoras. O preço do etanol está na casa de US$ 10 a 11 centavos libra/peso. Já para o açúcar, a venda está em US$ 11 a 12 centavos libra/peso e isso é um preço excepcional.

O mercado de açúcar se mostra muito. Prova disso é que 10% da safra do ano que vem já está comercializada, fato que não acontecia há muitas temporadas.

 

 

Notícias Relacionadas:

FAESP busca isenção de ICMS para leite

FAESP busca isenção de ICMS para leite

A saída do produto cru e pasteurizado, que era isenta, passará a ser tributada em 4,14%

Consulta pública sobre regras para fabricação de queijo artesanal vai até 24 de janeiro

Consulta pública sobre regras para fabricação de queijo artesanal vai até 24 de janeiro

A proposta é estabelecer boas práticas agropecuárias para as queijarias

Abraleite negocia revogação do ICMS sobre o leite pasteurizado

Abraleite negocia revogação do ICMS sobre o leite pasteurizado

Caso a medida não seja removida, aproximadamente 6 mil produtores paulistas serão afetados com o aumento dos custos