Brasil se torna potência agrícola para atender alta demanda mundial

O país tem potencial agrícola para suprir um aumento de 70% na busca por alimentos até 2050

brasil-potencial-agricola-pirassununga

Com uma área agricultável de 550 milhões de hectares – o equivalente aos territórios somados de 32 países da Europa –, o Brasil se tornou uma verdadeira potência agrícola. Com tanto a oferecer, o agronegócio nacional já se prepara para atender um aumento estimado de 70% na demanda mundial por alimentos até 2050.

Aliás, em palestra no Dia de Campo Seguro em Pirassununga, no dia 14 de outubro, o engenheiro agrônomo José Luís Coelho mostrou como o homem do campo tem trabalhado para aumentar sua produtividade. Dessa maneira, o setor agropecuário brasileiro tem conseguido superar até mesmo alguns dos grandes produtores do mundo.

Alto nível de produção

De acordo com Coelho, quando comparado aos Estados Unidos, o Brasil se faz mais eficiente tanto na produção quanto na preservação do meio ambiente. À medida que os americanos exploraram 74% de seu território com pastagens e lavouras, o Brasil destina para cultivo apenas 30% de suas terras. 

Em sua apresentação, o agrônomo provou como a eficácia do agronegócio nacional tem rendido resultados expressivos. Atualmente, o País é o primeiro na produção de laranja, açúcar e soja, além de ocupar a segunda colocação no ranking internacional de avicultura e é o terceiro maior produtor de milho. 

Liderança na exportação

Considerando apenas o comércio exterior, os brasileiros são os líderes na exportação de laranja, açúcar, aves e soja. Além disso, o Brasil está na segunda colocação entre os exportadores de milho. Segundo o especialista, isso é só o começo, uma vez que o agro daqui ainda tem muito potencial para seguir crescendo e de forma sustentável.

No vídeo abaixo, a partir do minuto 16, você confere a análise de José Luís Coelho sobre o agronegócio brasileiro e suas dicas para elevar a produtividade de sua propriedade:

O projeto Família Nação Agro é uma iniciativa do Sistema FAESP/SENAR-SP para capacitar, promover e capacitar o produtor rural do estado de São Paulo.

Notícias Relacionadas:

Taxa Selic baixa

Baixa na Selic pode favorecer acesso de produtores a empréstimos subvencionados

Faesp defende crédito competitivo no mercado financeiro e desburocratização na concessão

Turismo rural

Família Nação Agro traz novos debates sobre turismo rural e doma racional

Nesta semana, iniciativa do Sistema FAESP/SENAR-SP esteve nos municípios de Itobi e Nuporanga

Produtores buscam capacitação para diversificar turismo rural em Ubatuba

Em Dia de Campo Seguro, agricultores revelaram interesse em cursos de profissionalização em artesanato e gastronomia