Agricultura 5.0: quem não se conectar ficará pra trás, diz Faesp

Segundo Tirso Meirelles, vice-presidente da entidade, a agricultura 5.0 avança rapidamente e o produtor rural precisa se conectar para continuar produzindo

imagem de drone da agricultura 5.0 no campo

A agricultura 5.0 é uma forma de enxergar o mundo agrícola conectado em todas as pontas da cadeia produtiva. Neste sentido, os processos avançam e, cada vez mais, é comum ver nas propriedades rurais o trabalho sendo facilitado com a ajuda das máquinas e da tecnologia. Com isso, a produtividade tem um salto e a cadeia se organiza e se conecta no campo de forma nunca antes vista, nem mesmo, imaginada.

Para Tirso Meirelles, vice-presidente do Sistema Faesp Senar-SP, o processo da agricultura 5.0 está acelerando a conectividade e o produtor rural precisa se conectar para continuar produzindo.

“Esse processo não tem retorno mais. Aqueles que pensavam que as coisas iam paulatinamente, está vendo que agora ocorreu um tufão. É algo impressionante e se você não estiver conectado no processo como todo, você não conseguirá mais se conectar com a própria necessidade”, comentou.

 

Efeito pandemia

Tirso acredita ainda que o mundo tecnológico, e isso inclui o campo, não será mais o mesmo pós-pandemia. “Por exemplo, todo o processo daqui para frente para que a gente possa ter uma vida social e uma vida profissional, mudou. Então, para você ir no restaurante, será modificado o modo e ir, no hotel, também”, acrescentou.

Contudo, o meio rural também será afetado, pois essa será uma mudança global. “Isso vai mudar todo o processo macro econômico do mundo, porque o mundo todo empobreceu, o mundo todo está com dificuldade econômica. Ninguém esperava isso, portanto, realmente as modificações vieram pra ficar”, finalizou.

 

Projeto ‘Pertinho de casa’ é desenvolvido pelo Sistema Faesp Senar-SP e oferece alternativas de vendas pela internet

Com o novo normal, muitos negócios partiram para as estratégias digitais. A plataforma “Pertinho de casa”, é uma das possibilidade de vender produtos online. Saiba mais clicando aqui.

 

Notícias Relacionadas:

Cafés especiais proporcionam inúmeras experiências sensoriais aos consumidores

Cafés especiais proporcionam inúmeras experiências sensoriais aos consumidores

De olho no mercado de café, cafeicultores brasileiros vêm investindo na produção de cafés especiais em busca de maior retorno financeiro

FAESP busca isenção de ICMS para leite

FAESP busca isenção de ICMS para leite

A saída do produto cru e pasteurizado, que era isenta, passará a ser tributada em 4,14%

Consulta pública sobre regras para fabricação de queijo artesanal vai até 24 de janeiro

Consulta pública sobre regras para fabricação de queijo artesanal vai até 24 de janeiro

A proposta é estabelecer boas práticas agropecuárias para as queijarias